Regras da Canoagem

Fique por dentro das principais regras do esporte de canoagem de velocidade, saiba mais sobre sua história.

0
O que é Canoagem? A Canoagem é um esporte aquático no qual o praticante se utiliza de um caiaque, canoa ou wave-ski. Mesmo antes de ser considerado um esporte, algumas civilizações já haviam desenvolvido o uso de embarcações de pequeno porte pela necessidade de locomoção desde o século XV a.C.

Os nativos da América do Norte chamavam a canoa de Kenu, em inglês dugout, que significa uma canoa feita a partir de um tronco. O primeiro homem a utilizar a canoa em um percurso esportivo foi o escocês Jonh Mac Gregor. Já a primeira competição da modalidade foi realizada em 1877, na Bélgica.

Atualmente, entidades como a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) e a Federação Internacional de Canoagem (FCI) são as responsáveis pela divulgação, promoção e organização dos maiores eventos relacionados ao esporte.

Equipamentos e estrutura

É um esporte coletivo, podendo ser praticado por mulheres e homens, geralmente em ambientes abertos, espaçosos e naturais. Os equipamentos básicos e de segurança utilizados durante a prática são: capacetes, coletes salva-vidas, remos e canoa.

Os formatos e designs das embarcações mudam de acordo com os percursos e obstáculos a serem enfrentados. A canoagem faz parte dos Jogos Olímpicos desde 1936, nas categorias slalom e velocidade, estando presente até hoje.

O desporto é praticado em equipes, que têm como objetivo terminar o percurso antes das demais. De acordo com o ambiente onde é praticada, a canoagem pode ser dividida em diversas modalidades.

Modalidades de Canoagem

Canoagem de Velocidade: primeira modalidade a entrar para as Olimpíadas de Berlim, em 1936, é até hoje a mais popular. O regulamento permite um, dois ou quatro participantes em cada equipe. Praticada em rios ou lagos, o percurso pode ser de 200, 500 ou 1000 metros.

Canoagem Slalom: criada em 1932 na Suíça, a categoria estreou nos Jogos Olímpicos de Munique, em 1972, voltando a participar de uma edição olímpica apenas em 1992, em Barcelona. No percurso, que pode variar de 250 a 400 metros, os competidores devem passar entre balizas nas cores verde (remar a favor da correnteza) e vermelha (remar contra a correnteza). É permitido que caiaques e canoas participem da prova, sendo subdivididos em classes de acordo com os tamanhos das embarcações (K1, K2, K4, C1 e C2). Pode ser disputada individualmente ou em equipes.

Canoagem Maratona: caracteriza-se por grandes trajetos, sendo o menor de 15 quilômetros. Tem duração de aproximadamente três horas, e pode ser disputada individualmente ou em equipes.

Freestyle: com uma quantidade de tempo limitada, o atleta deve realizar movimentos e manobras que serão pontuados de acordo com sua dificuldade. Deixou de fazer parte do quadro de modalidades da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) em 2017.

Canoagem Oceânica: praticada em alto mar, destaca-se pela dificuldade do percurso e correnteza. O objetivo é completar o mais rápido possível um percurso previamente determinado.

Caiaque Polo: disputado por duas equipes de cinco atletas, o objetivo é marcar gols tanto com as mãos como com os remos.

Você pode gostar também